LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

30 de junho de 2012

Como Escrever/ Elaborar/ Fazer uma Autobiografia: Memorial Descritivo

ORIENTAÇÕES PARA COMPOSIÇÃO DO MEMORIAL DESCRITIVO



A autobiografia surge como uma ferramenta pedagógica no processo de formação, permitindo ao individuo narrar sua própria história sendo autor, ator e coautor da sua própria experiência de vida. As narrativas autobiográficas e as histórias de vida têm adotado uma variedade de fontes de dados: autobiografias, memoriais, diários, cartas, fotografias e objetos pessoais, que podem ser orais ou escritas, em que assumem um papel importante nos processos de aprendizagem e de formação.
Silvano Sulzart


O Memorial Descritivo é uma autobiografia que descreve, analisa e critica acontecimentos sobre a trajetória acadêmico-profissional e intelectual do candidato, avaliando cada etapa de sua experiência.Recomenda-se que o memorial inclua em sua estrutura seções que destaquem as informações mais significativas, como a formação, as atividades técnico-científicas e artístico-culturais, as atividades docentes, as atividades de administração, a produção científica, entre outras.O texto deve ser redigido na primeira pessoa do singular, o que permitirá ao candidato enfatizar o mérito de suas realizações.

Sugestão de Estrutura do Memorial
1.       Folha de rosto
a)       nome do candidato
b)       título (Memorial Descritivo)
c)       local
d)       ano
2.       Formação, aperfeiçoamento e atualização
Na descrição, mencionar:
a)       educação superior - graduação
b)       educação superior - pós-graduação
c)       estágios
d)       cursos de extensão
e)       iniciação científica e monitoria
f)        bolsas de estudo
g)       participação em congressos, simpósios, seminários e outros eventos congêneres

   Deve-se inserir comentários sobre como decorrem os cursos de formação, de aperfeiçoamento e de atualização, assim como o resultado final e também os reflexos na carreira profissional, docente, científica, literária e/ou artística do candidato.
3.       Atividades docentes
As atividades docentes referem-se às funções desenvolvidas no ensino e na orientação de estudantes. Na descrição, mencionar:
a)       aulas e cursos ministrados (especificar em que disciplinas)
b)       orientações de trabalhos de alunos (Feiras de Ciências, das Profissões, entre outros eventos), trabalhos de conclusão de cursos, de estágios e/ou de bolsistas
c)       palestras e/ou conferências proferidas

4.       Atividades de administração
Indicar outras atividades profissionais que não se enquadrem nas modalidades anteriores:
a)       participação em comissões, coordenações, supervisões de trabalhos e/ou projetos
b)       participações em conselhos, em comitês e/ou júri de prêmios entre outros
c)       participações em órgãos colegiados, comitês executivos, grupos de trabalhos, entre outros
d)       consultorias
e)       funções eletivas, inclusive diretorias, conselhos de entidades (profissionais e/ou sindicais) indicando função exercida, inclusive de chefia, coordenação, direção com o respectivo tempo de mandato
5.       Títulos, homenagens e aprovações em concursos
Mencionar o ano e a distinção outorgada e o local.
6.       Produção científica, literária e artística.
Incluir trabalhos científicos, literários e/ou artísticos que tenham sido publicados, assim como trabalhos apresentados em congressos, jornadas e outros eventos similares.

Obs: Para a Formatação do texto siga as regras da ABNT

Fonte: FUNDAÇÃO EDSON QUEIROZ UNIVERSIDADE DE FORTALEZA – UNIFOR

Realizo orientações sobre produções de memoriais.

                     


Um comentário:

Jordana M Caetano disse...

Bom dia! Preciso fazer o meu memorial, mas não sei fazê-lo. Gostaria de sua orientação. Poderia me passar algum contato seu de telefone ou e-mail?
Cordialmente
Jordana.

Comentário